Mindnet comemora aniversário de 14 anos com planos maiores!

Agora em abril/2018 comemoramos 14 anos de atividade, iniciamos com hospedagem de sites em abril de 2004.

Para comemorar revisamos os nossos planos de hospedagem compartilhada e revenda, dando mais espaço e tráfego.

Não há alteração dos preços.

Confira as mudanças:

PLANOS DE HOSPEDAGEM ALTERADOS:

PLANO M1
Espaço em disco: de 30Gb para 40Gb
Tráfego mensal: de 500Gb para 1.000Gb

PLANO M2
Espaço em disco: de 70Gb para 90Gb
Tráfego mensal: de 1.000Gb para 2.000Gb

PLANO M3
Espaço em disco: de 150Gb para 170Gb
Tráfego mensal: de 2.000Gb para 3.000Gb

NOVOS PLANOS DE REVENDA:

PLANO REV#1
Espaço em disco: de 60Gb para 70Gb
Tráfego mensal: de 1.2Tb para 2.0Tb

PLANO REV#2
Espaço em disco: de 130Gb para 150Gb
Tráfego mensal: de 2.6Tb para 5.0Tb

PLANO REV#3
Espaço em disco: de 200Gb para 230Gb
Tráfego mensal: de 4.0Tb para 7.0Tb

Anti-Spam da SPAMEXPERTS

spamexperts

A Mindnet assinou contrato com a SPAMEXPERTS e agora é revendedora dos serviços desta empresa.

De imediato estamos oferecendo o serviço de filtro anti-spam e anti-virus, que você pode conhecer clicando aqui.

Este filtro funciona externo ao servidor que hospeda o site/emails, e bloqueia 99% dos SPAMS e VIRUS – especialmente indicado para quem deseja obter mais segurança e maior produtividade.

No momento o valor deste serviço é de R$25,00 por mês, protegendo até 1.000 caixas postais de 1 domínio, porém se você quer proteger um domínio hospedado na Mindnet o valor do serviço é de R$15,00 por mês.

 

Notificações via Pushover APP

Uma canal extra para receber mensagens importantes da Mindnet, sobre a sua assinatura.

pushover_logoImplementamos o envio de notificações através do aplicativo Pushover (disponível para Android, iPhone e Windows). Por exemplo, no dia do vencimento da fatura de renovação da sua assinatura, você pode receber uma mensagem no seu celular.

Saiba mais em http://mindnet.com.br/pushover/

Novo serviço: hospedagem InfiniteWP

Quem tem diversos sites em WordPress sabe (ou deveria saber!) que é necessário tempo para atualizar todas as instalações, temas, plugins e traduções. E muitas vezes esquecemos destas atualizações – o resultado? WordPress desatualizado e inseguro.

wordpress-multisite-network

O InfiniteWP é um sistema que centraliza o gerenciamento de WordPress, você cadastra todas as suas instalações WordPress e começa a fazer atualizações, backups e outras tarefas em um único painel de controle, não sendo mais necessário fazer login em cada WordPress em separado.

É muito mais ágil e seguro.

Estamos oferecendo um plano de serviço que inclui o InfiniteWP instalado, conexão segura com SSL/HTTPS, espaço de 10Gb para guardar backups do WordPress e suporte.

Mais informações:  http://mindnet.com.br/infinitewp/

 

PHP7 incluído em planos de hospedagem e revenda.

Foi disponibilizado o PHP7 em todos os planos de hospedagem e revenda.

php-v7-logo

Por padrão o PHP5 é habilitado em contas novas, mas você pode trocar a versão usando o SELETOR PHP disponível dentro do CPANEL.  Neste momento as seguintes versões estão disponíveis:

5.3
5.4
5.5
5.6
7.0

Este ajuste é por cada conta CPANEL, portanto em planos de revenda o ajuste é feito dentro de cada conta da revenda, individualmente. Você pode trocar a vontade a versão do PHP, mas lembre-se de testar os scripts já instalados para saber se são compatíveis com a versão que você selecionou.

Planos de hospedagem e revenda com mais espaço.

Revisamos todos os planos de hospedagem e revenda, esta alteração vale para todos os assinantes.

Não há alteração no preço do serviço.

PLANOS DE HOSPEDAGEM

BASICO
Espaço: de 2Gb para 5Gb
Tráfego: sem alteração.

MIND#2
Espaço: de 10Gb para 15Gb
Tráfego: de 200Gb para 300Gb

MIND#3
Espaço: de 15Gb para 20Gb
Tráfego: de 300Gb para 400Gb

MIND#4
Espaço: de 25Gb para 35Gb
Tráfego: de 500Gb para 700Gb

MIND#5
Espaço: de 35Gb para 50Gb
Tráfego: de 800Gb para 1.000Gb

MIND#6
Espaço: de 45Gb para 65Gb
Tráfego: de 1.000Gb para 1.300Gb

PLANOS DE REVENDA

REV#1
Espaço: de 40Gb para 50Gb
Tráfego: de 400Gb para 1000Gb

REV#2
Espaço: de 85Gb para 110Gb
Tráfego: de 850Gb para 2.200Gb

REV#3
Espaço: de 140Gb para 170Gb
Tráfego: de 1.400Gb para 3.400Gb

 

12 formas garantidas de ter o seu computador infectado.

Estes são alguns péssimos hábitos praticados pela maioria dos usuários, que podemo colocar em risco a segurança do computador:

1. Ignorar Atualizações do Sistema Operacional

windows_update

Deixar de fazer as atualizações do sistema operacional, bem como dos demais softwares como Java, Office, Flash etc. é uma maneira bem fácil de deixar sua máquina vulnerável. A maioria das atualizações visa justamente corrigir falhas de segurança, portanto ignorar estas atualizações é manter seu computador exposto a virus e hackers.

2. Colecionar Versões Antigas de Programas

software_velho

 Não adianta muito atualizar o sistema operacional e os programas principais como Office e Flash, se você mantem instalado outros programas em versões bem antigas. Muitos softwares não fazem auto-atualização, então verifique na lista dos programas instalados se já existem versões atualizadas!

3. Desabilitar o “UAC” do Windows

windows_uac

O recurso “UAC” do Windows pode ser chato as vezes – quando você precisa instalar algo ou fazer uma tarefa mais específica o Windows abre uma janela perguntando se deseja realmente fazer tal operação. Muitos usuários caem na tentação de desativar o UAC, para deixar de receber os avisos. Sem o UAC você você diminui as chances de ficar sabendo se um programa malicioso está atuando em seu computador.

4. Duplo Clique em TUDO

duplo_clique

Duplo-clique do mouse em tudo! Um anexo no email? Duplo-clique. Um ícone que apareceu no desktop? Duplo-clique. Uma música chamada sucesso.exe? Duplo-clique. Pratique o duplo-clique! Quanto mais duplo-clique em tudo que você vê, mais chance de pegar um vírus ou trojan.

5. Download, download e download!

downloads

Quando encontrar uma página com vários links de download, clique em todos eles. Não se preocupe em saber qual é o link correto do arquivo que você deseja baixar. Na dúvida faça download de tudo. Garantido de baixar um malware.

6. Pirataria, cracks e keygens

keygen

Uma prática comum, procurar numero de series piratas, ativadores de softwares, keygens, nulleds – em boa parte dos casos você faz o download e junto vem um malware, trojan ou algo parecido. A maioria dos sites que hospedam este tipo de material são vetores de contaminação.

7. Encurtadores de URL (shortlinks)

url-shortening

Acreditar em todos os shortlinks que receber (bit.ly, migre.me e similares). Sair clicando em todos os shortlinks é perigoso. Se não sabe a origem de um shortlink verifique-o em serviços como http://longurl.org/

8. Rede WiFi Aberta e Insegura

redewifi

Deixar sua rede Wifi aberta é legal né? Ajudar os vizinhos. Há quem ainda use redes com WEP. Certifique-se de manter sua rede Wifi fechada com técnica atualizada de criptografia.

9. Navegar na WEB usando conta de Administrador

adminwindows

Caso comum: usar o Windows o dia todo com o usuário Administrador. Muitos malwares falham quando tentam entrar no seu computador ao se depararem com um usuário comum do Windows. Mas ficar navegando com o usuario Administrador do Windows é facilitar a vida dos virus.

10. Continuar usando Windows velho

windowsxp

Há quem ainda use Windows de anos e anos atrás. O Windows XP ainda é campeão. Só que Windows XP vai ser descontinuado de vez pela Microsoft em abril de 2014. Em breve o Wndows XP não vai mais receber atualizacões de seguanca. Se um hacker descobrir uma falha no Windows XP, depois de abril/2014 esta falha não será corrigida pela Microsoft.

11. Usar a mesma senha em todos os lugares

senha

Esta é boa: para diminuir a segurança utilize a mesma senha para tudo: email, gmail, servidor, jogos, site, skype – use a mesma senha! Assim fica mais fácil para o hacker. Basta a sua senha ser exposta uma única vez e pronto, está mais fácil… para o hacker. Se tem preguiça procure usar serviços gratuitos como o Lastpass.

12. Não utilizar um anti-virus

antivirus

Tem gente que abre mão do anti-virus, mesmo existindo diversas opções gratuitas. Não há desculpa para não utilizar um anti-virus. Por mais que você pense que sabe tudo, que não entra em sites perigosos – pode acontecer de um site legitimo e famoso ser infectado, não é impossível – e nesta situação seu computador estaria infectado.

Plugin para WordPress permite usar o seu celular como autenticador

O plugin Wordfence para WordPress agora tem uma função muito interessante: ao tentar fazer login no seu wordpress você receberá um SMS no seu celular, contendo um código único e aleatório para ser adicionado a sua senha.

wordfence-security-blog

Sem este código o login não funciona – ou seja, mesmo que alguém descubra a senha do seu WordPress não conseguirá entrar no administrativo do seu blog, porque é preciso o código que foi enviado para o seu celular via SMS. E você pode ativar este recurso para todos os usuários dos seu blog.

Esta função do Wordfence é disponível apenas na versão Premium do plugin, que pode custar entre 5 a 40 dólares por ano, dependendo da quantidade de licenças e tempo de licenciamento.

Nós testamos este plugin e o recursos de autenticador por SMS – e realmente funciona perfeitamente, adicionando uma camada de segurança ao seu WordPress.

Mesmo que você não queira comprar a versão Premium do Wordfence, vale a pena instalar a versão gratuita – que oferece vários recursos de segurança para o seu WordPress. É praticamente um plugin obrigatório em qualquer instalação do WordPress.

WordPress 3.5.2

Foi lançada a versão 3.5.2 do WordPress – se o seu site utiliza este sistema recomendamos fazer a atualização o mais breve possivel.

wordpress-security

Esta atualização corrige SETE falhas de segurança no WordPress:

* Server-Side Request Forgery (SSRF) via the HTTP API. CVE-2013-2199.
* Privilege Escalation: Contributors can publish posts, and users can reassign authorship. CVE-2013-2200.
* Cross-Site Scripting (XSS) in SWFUpload. CVE-2013-2205.
* Denial of Service (DoS) via Post Password Cookies. CVE-2013-2173.
* Content Spoofing via Flash Applet in TinyMCE Media Plugin. CVE-2013-2204.
* Cross-Site Scripting (XSS) when Uploading Media. CVE-2013-2201.
* Full Path Disclosure (FPD) during File Upload. CVE-2013-2203.

Fonte; http://codex.wordpress.org/Version_3.5.2

A atualização normalmente é fácil e automatizada, desde a versão 2.7 do WordPress é possível atualizar o sistema pela própria interface de administração.